19 agosto 2016

Na traaaave!

Resultado de imagem para bola na trave 
Sabe aquele campeonato... não era bem uma Libertadores, mas valia um título tipo "Campeão do brasileiro"? Pois é... Ai você tá lá, na final contra o arquirrival. Faltando 1 minuto pra acabar o jogo, juiz marca a falta na pequena área. Lá vai você pra marca do pênalti. Você treinou, se preparou e está disposto a dar tudo de si. 

O juiz apita, você da o seu melhor chute, mas a bola bate NA TRAVE. 

Conseguiu visualizar? Pois é... essa ai fui eu fazendo a prova de Perito da PCDF.
Estuei pacarai. Foram 6 meses estudando 10 horas por dia (de verdade). 

Eu sabia que a chance de aprovação era pequena, afinal, eu estava estudando a pouco tempo e tem gente estudando há anos pra essa prova. E assim... verdade seja dita... esse é um dos concursos mais concorridos do país e que tem poucas vagas (11).

Além disso, a prova foi cruel. Foram 400 assertivas e 4 redações em 5 horas de prova. Um massacre rsrsrs. A matéria também era muito grande e muita coisa era novidade pra mim. Mas como sempre, eu esperava mais de mim. Tive tempo de estudar tudo e revisar tudo, também. Esperava tirar uns 60%, pelo menos. Mas saí da prova faltando 5 min pra acabar o tempo e com a sensação que tinha ido muito mal.

Pois bem, saiu o resultado da prova objetiva e por 1,25 eu fiquei fora da nota de corte para corrigir a redação. Claro que isso não quer dizer que se tivesse feito esse 1,25 eu estava aprovada. Claro que não. Teriam ainda muitas etapas pela frente, inclusive a redação.

Num primeiro momento fiquei frustrada, triste, desmotivada. Depois, com calma fui digerindo a informação. Agora eu tô aqui pensando com meus botões: Foi minha PRIMEIRA prova e eu quase tive minha redação corrigida. 

Cara, isso é bom demais!

Já estou refazendo a prova e vendo onde errei. Vi que cai em muitas pegadinhas e isso é relativamente bom. Quer dizer que sei o conteúdo, preciso de maldade e atenção. 
O cronograma de estudos já foi atualizado e vou estudar como nunca. A PF ta pra sair e, dessa vez, eu quero ver meu nome na lista do TAF.

Simbora que o tempo urge.