02 junho 2016

Até o Limite...


"Eu nunca vi algo selvagem ter pena de si mesmo, um pássaro cairá morto de um galho sem jamais ter sentido pena de si mesmo." David Herbert Lawrence.

Qual é o limite? Quando é hora de parar, você sabe?
As vezes eu acho que sei, mas as vezes sei que não. Quando o assunto é treinar, já adianto, sempre fui a mais franga do mundo do Brasil. Mas de uns tempos pra cá, as coisa mudaram...
Não tem mais disculpinha, não tem mais "hoje não vou treinar"...
De uns tempos pra cá, treino é parte do preparo e o preparo é constante, frenético e a estrada é longa demais pra chegar onde eu quero.

Mas... e daí! Nunca tive nada fácil nessa vida. Sempre fui abençoada, mas tinha que correr atras de quisesse manter a bolsa da escola, pagar a faculdade, a pós... Nada de carro, viagem, roupa de marca. A prioridade sempre foi estudar. Não é de se impressionar que eu acabei aqui né, correndo atrás de uma vaga pra um dos cargos mais difíceis que existe no Brasil.

Mas e o limite? Quando é a hora de dar um tempo pra cabeça, pro corpo? Quando é a hora de largar o livro, o peso e dar um tempo?

Nessa altura do campeonato eu nem sei. Estou prestes a ter meu primeiro teste real de preparação e não me sinto preparada. A massa cinzenta fica branca, o corpo todo dói, os hormônios não funcionam como deveriam... Não me importo! Não agora. Depois talvez!

Foram vários meses com mais de 12 horas de treino e estudos diários, que espero ver retribuídos em mais que esses 8kg perdidos. Mas a espera é uma bela bosta hahaha.

E olha que nem é o edital da PF hen rsrs. Quando for... Ai meu amigo... Vou conhecer novos limites de mim mesma.

Por hora... treino é treino, jogo é jogo!

Nenhum comentário:

Postar um comentário