27 julho 2012

Cavernas



A Espeleologia é a ciência que estuda as cavernas e, para tanto, primeiro é necessário, encontrá-las. Feito isso, uma equipe de topógrafos (leia-se malucos) entra nelas e sai explorando cada buraco, fenda e fresta da caverna. Sem brincadeira, esse povo entra em lugares que até Deus duvida que um ser humano caiba.

 A partir dessa “exploração”, que chamamos de prospecção, faz-se a planta baixa da caverna com todos os condutos (“túneis”), blocos abatidos, espelotemas (são formações belíssimas que surgem a partir da dissolução da rocha), rios e cachoeiras subterrâneas. É então que entram as equipes de biólogos e geólogos/geógrafos (outro bando de malucos) que vão à caverna descrever o ecossistema dela, como se deu a sua formação, etc. Isso também envolve arrastamentos, rapel, levantamentos aquáticos, tudo que os topógrafos fazem e mais um pouco. Na verdade, a grande diferença é que os técnicos, quando chegam à caverna, já sabem que aquele buraco vai dar num salão, num riacho ou em lugar nenhum. Os topógrafos, por sua vez, não sabem onde vai dar nada, estão explorando, então se lançam nos condutos sem saber se aquilo vai dar num salão seco, na cabeceira de uma cachoeira ou num abismo. 




Agora que vocês já entenderam um pouco do assunto, vou contar que fui acompanhar uma equipe de espeleólogos na prospecção de algumas cavernas. Biiiicho... Os caras são C.O.M.P.L.E.T.A.M.E.N.T.E malucos (e eu, como tenho 0% de juízo e nenhuma tendência à normalidade, tava lá com eles rsrsrs).







Foram dois dias, 4 cavernas (Gruta das Pacas, Gruta dos Tuneis, Gruta Morena e a parte não aberta à visitação da Gruta da Lapinha). Fiz escalada em pedra lisa, pedra irregular, andei quilômetros dentro de uma água G.E.L.A.D.A (sim, a Gruta Morena tem mais de 4km de extensão, e não está toda mapeada ainda. Estima-se que tenha 5Km) me arrastei por metros na lama e na terra, entrei em cada buraco que só Jesus, tava linda no final do dia, tinham que ver.

Mas as coisas que vi... Isso não tem preço. 
 









4 comentários: