17 agosto 2011

Grupo de Pronta Intervenção - GPI

Os Grupos de Pronta Intervenção – O GPI's são grupos com treinamento tático especial que estão sendo criados em algumas SRs,  tem sua formação feita pelo COT. O objetivo desses grupos é intervir mais rapidamente em situações de crise, até a chegada do COT, ou até mesmo resolvê-la, em situações mais simples.

A formação dos integrantes dos GPIs é mais curta e resumida do que a dos cotianos, entretanto, garanto que é BRUTA. Os treinamentos são por conta das equipes, uma vez que cada equipe deve estar na suas SRs. Claro que não há em cada SR estrutura física para treinamento como a do COT, que é uma das melhores estruturas de treinamento policial do mundo.  Mas esse treinamento constante é fundamental pois é nele que os policiais aprendem e automatizam táticas de abordagem, invasão, emboscada e etc. A equipe deve estar muito sintonizada e trabalhar junto, um vacilo pode comprometer toda a missão.
O GPI do Rio Grande do Sul é o maior que eu tenho notícia. Eles participaram da operação que tomou o morro do alemão (FOTO).
PS: Artorius esse foi pra vc!
;)

14 comentários:

  1. mari, valeu mesmo pelo post. muito bom. só quero saber onde é que vc encontra essas informações rsrsrs
    grande beijo pra vc!!!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Este comentário foi removido pelo autor.

      Excluir
  2. Grupo de Pronta Intervenção – O GPI foi criado para planejar, coordenar e agir em situações de risco extremo. Os policiais que atuam no Grupo são selecionados em testes de aptidão física e psicológica e estão permanentemente em treinamentos táticos específicos e de manuseio de armamentos especiais.

    ResponderExcluir
  3. Artorius num tem mistério não. Conversa daqui, conversa dalí, pesquisa e notícia.

    A questão é que a viciada que vos fala tem mais de 30 links com sites associados a assuntos do DPF, então da pra se manter informado rrsrsrs.

    Bjo!

    ResponderExcluir
  4. Isso ai Sampaio. Os caras são Brutos!

    Abçs!

    ResponderExcluir
  5. rsrsrs... tá certo, então! qq dúvida vou te procurar agora rsrs
    inté...

    ResponderExcluir
  6. Brutos não!!! É uma tropa de excelência.
    Um governo só pode mesmo dar início e continuidade de um programa para a reversão quando sente que não pode confiar na policia que existe.

    ResponderExcluir
  7. O que precisa fazer para ser um Atirador de Elite da GPI ou COT ( fora o curso da PF ) ?

    Os GPIs são "enviados "para todo o Brasil , ou atuam somente em uma região ?

    Grato .

    ResponderExcluir
  8. Olá EduIron. Para entrar em qualquer grupo especial, como vc colocou, primeiramente você precisa ser Policial Federal. Depois quando abrir vaga para os grupos especiais vc se inscreve nas provas e, se passar, faz o curso de formação (que é sangue no olho). Se for aprovado, ta dentro ;).
    Tanto os GPI's quanto o COT tem uma sede. No caso do GPI o ideal é que toda SR tenha um. O COT, por sua vez, fica sediado em Brasilia, mas roda esse Brasilzão todo pra pegar os bandido.
    Abçs!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Existe algum tempo mínimo de carreira para entrar tanto no COT como no GPI? E quanto o GPI, o concurso é feito para todas as unidades ou alguma específica, por exemplo, eu sou de PE, se eu fosse um agente e tentasse entrar para o GPI, eu faria um concurso para o GPI de Pernambuco ou para todas as sedes e se passar depois é decidido onde ficarei locado?

      Excluir
    2. Olá Ângelo. Não tem tempo mínimo, basta que abram vagas para os grupos táticos e que você seja aprovado. Quanto à questão das unidades específicas, não seri te responder. Na verdade, até onde sei, não tem GPI em todas as unidades da PF então, provavelmente, você seria realocado. Mas não sei te dizer ao certo.

      Abçs!

      Excluir
  9. Olá pessoal, meu nome é Bruno, sou agente federal há 15 anos, e sou o Coordenado do GPI da SR/BA. Fico muito feliz de saberem tanto sobre a nossa pequena unidade tática. Aqui na Bahia somos 9 membros efetivos, isto é, cursados no CTI - Curso de Técnicas de Intervenção ministrado pelo COT em suas modernas instalações em Brasilia. Dura em torno de 35 dias e é muito completo e ralado. Perdi 6 quilos durante o meu CTI. Bom, só passei aqui para deixar meu contato institucional para qualquer dúvida que tenham, terei prazer em responder a todos, lembrando que alguns aspectos do Grupo e da própria PF são sigilosos, portanto posso ficar devendo alguma explicação. bruno.bcb@dpf.gov.br. Parabéns a Mari e Sampaio pelas informações prestadas, estão todas corretas. Edulron, nos GPI's ainda não temos snipers, temos sempre pelo menos um atirador especializado, que nos serve como um apoio de fogo qualificado, usado para cobertura em progressões e em proteção remota de perímetro, dentre outras funções. Um abraço a todos, e espero um dia trabalhar junto com todos vcs, como agentes federais e quem sabe membros do GPI.

    GPI BAHIA - SEMPER PARATUS!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Poxa Bruno que legal. Se puder, conte um pouco do seu dia a dia que vou fazer um post especial pra isso.
      Abçs!

      Excluir
  10. Essa reportagem completa descreve bem o GPI: http://www.sagapolicial.com/2011/08/treinamento-do-grupo-tatico-da-policial.html

    ResponderExcluir