11 abril 2011

Notícias Quase boas...


Até o fim deste mês, o Ministério do Planejamento deverá concluir a análise de todos os pedidos de concursos que tramitam no órgão. A partir daí, poderão ser determinadas eventuais exceções ao adiamento de novas seleções e da nomeação de aprovados, em decorrência do corte de R$50,7 bilhões no Orçamento da União em 2011, segundo a Assessoria de Imprensa da pasta.

Em fevereiro, após o anúncio do contingenciamento de recursos e da reprogramação orçamentária, a ministra do Planejamento, Miriam Belchior, já havia sinalizado a possibilidade de autorizar concursos em casos emergenciais, após a análise "caso a caso" em andamento. Especialistas na área acreditam que concursos como os do INSS e Polícia Federal podem se enquadrar nessa categoria, entre outros.

Veja os órgãos com urgência de concursos:

Controladoria Geral da União
Agência Nacional do Petróleo
Agência Nacional do Cinema
IBAMA
INPI
Susep
INSS
Polícia Federal
Instituto Nacional de Tecnologia - INT

Fonte: Folha Dirigida, em 07/04/2011.

2 comentários: