15 fevereiro 2011

A justiça veste preto!


Foto do arquivo pessoal da Mari (Linda né!)

A Polícia Federal em Goiás cumpriu todos os 27 mandados de prisão da Operação Sexto Mandamento, desencadeada nesta terça-feira, que investiga um grupo de extermínio formado por policiais militares do Estado, de diversas patentes. Foram presos coronel, tenente-coronel, major, capitães, tenente, subtenentes, sargento e cabos.

Dentre os investigados, estão Ernesto Roller e Jorcelino Braga, respectivamente ex-secretários de Segurança Pública e da Fazenda de Goiás, ambos na condição de suspeitos pela prática de tráfico de influência, que resultaram nas promoções de patentes de integrantes da organização criminosa. Não foram expedidos mandados judiciais contra os dois.


A operação


A PF cumpriu 19 mandados de prisão preventiva e oito de prisão temporária, além de ordens de busca e apreensão, na capital e no interior de Goiás. A investigação que durou cerca de um ano tem o objetivo de desarticular uma organização criminosa com alto poder de influência e de intimidação. Foram 18 equipes policiais, formadas por 131 federais e 12 militares, atuando no cumprimento dos mandados.

A organização criminosa praticava homicídios e faziam a simulação de que os crimes teriam sido praticados em confrontos com as vítimas (essa é velha né gente). Dentre as mortes, há casos de execução de crianças (Absurdo...Choquei!), adolescentes e mulheres, sem qualquer envolvimento com práticas ilícitas. As investigações demonstraram ainda que outros homicídios foram praticados pelo grupo, inclusive durante o horário de serviço e com uso de viaturas da corporação (PQP!), além da ocultação de cadáveres.

A operação foi denominada Sexto Mandamento, em referência ao decálogo bíblico, cujo sexto mandamento é "não matarás" (Fantástico, Genial!).


Reportagem ao vivo

NOTA DA MARI:

Fala sério gente...to besta! Saber que isso acontece é uma coisa, ter ciência que isso é provocado pelas pessoas que deveriam impedir e punir esse tipo de ação me dói na carne. Juro que meu estômago ta embrulhado com essa notícia.

Esse é o tipo de coisa que eu quero viver pra ver. Ver um animal desse enjaulado é algo que me move e leva pensar em fazer concurso pra Agente. Não gosto da idéia do combate, tenho muito amor à humanidade pra ficar na linha de frente, mas analisando com calma, às vezes me pego pensando no quanto isso realmente pode ser chamado de "humano". A carta magna pode considerar assim, mas eu acho que isso é coisa de outro mundo. Nem bicho não é pq bicho ataca pra se defender ou comer.

Covardes, desumanos, imorais...são uma vergonha pra classe! Tomara que apodreçam  na cadeia. O mundo agradece!

Abçs!

25 comentários:

  1. Mari...realmente esse tipo de coisa dá nojo mesmo.
    Espero poder contribuir com muito safado na cadeia heheheheh

    ResponderExcluir
  2. Oi amiga!

    "é algo que me move e leva pensar em fazer concurso pra Agente"

    Sou suspeita pra falar... né, amiga?

    Caramba... Prender policial é operação de alto risco, Mari. O COT deve ter participado, né?

    : )

    ResponderExcluir
  3. Bota nojo nisso Federal.
    Com certeza, o nosso lugar ta la o que é o deles ta guardado.

    Abçs!

    ResponderExcluir
  4. Amiga linda eu até procurei saber depois que vc falou, mas não vi nada falando da participação do COT não. Faz sentido que tenham ido né!
    O duro é que as notícias veiculadas sempre partem da mesma fonte, que no caso é o DPF, dai como no site não fala nada...

    Suspeitíiiisssima gatona, suspeitíssima!
    Pra falar a verdade não tenho a paciência nem o tempo pra começar a estudar estatística e contabilidade pra fazer pra agente.

    Mas vamos ver, to retomando os estudos e treinos aos poucos (trabalho demais), vamos ver no que da.

    Sei de um outro amigo que vai adorar ler isso tb rsrsrs!

    Bjooo!

    ResponderExcluir
  5. O COT participou sim, ví na reportagem do Jornal Hoje mostrou alguns agentes do COT.
    Pirei!!!
    heheheh

    ResponderExcluir
  6. Verdade Federal...assisti a reportagem e os vi tb!
    Bem legal, vou postar o link pro pessoal ver.

    Obrigado pela dica.
    BJo!

    ResponderExcluir
  7. ai, ai...
    eu sabia que hoje ia ver essa notícia bombando em todos os cantos por aí.
    E tenho medo e que meus comentários fiquem repetitivos.

    Mas assim, não concordo com policial matando bandido. Não concordo com tortura. Não concordo com execução.

    Acontece que a história não é assim como estão pintando. Qd vi a ação feita no Rio sabia que logo poderia chegar aqui, como chegar em qualquer lugar. E eu estou do lado de dentro. Eu vejo como as coisas acontecem e vejo o lado mais real disso tudo.

    É complicado hoje e imprensa botar a cara de todos esses policiais na tv e nos jornais como assassinos. Não é bem assim. E não é mesmo...

    No final tudo tem dois lados.
    E eu ainda consigo ver os dois.
    Espero nunca ter só a visão do lado de dentro da Polícia, pq isso seria ruim. Mas ter a visão só do lado de fora tb deixa tudo meio confuso.

    Enfim, o buraco é mais embaixo mesmo... rs

    bjo garotinha

    ResponderExcluir
  8. Oi Lê. Que bom te ver por aqui flor!

    Então, sei bem como são as notícias extraordinárias, mas não seria prisão preventiva se não houvessem fortes indícios de que algo está acontecendo, ou será que não é bem assim? Explica melhor esse outro lado que agora eu fiquei confusa.

    Bjos!

    ResponderExcluir
  9. por isso que eu vi uma viatura da PF descendo a 84 hoje cedo, algo estranho estava mesmo acontecendo...
    Tem que ir pra cadeia mesmo, o pior bandido é o fardado, que a gente pensa que ele é bonzinho e não é nada, melhor identificar o inimigo do que não saber quem ele é.
    Oi Lê, depois vai lá na faculdade pra gente se ver e falar sobre isso? Faz tempo que não nos encontramos :(
    bjo Mari

    ResponderExcluir
  10. Menina, é complicado eu falar qualquer coisa... pode ficar parecendo que eu sei demais. Na verdade eu realmente não sei. Só vejo as coisas de uma forma mais ampla.

    Olha, quando entrei na Polícia escutava todo tipo de história. E ficava chocada. Pensava em como aquelas pessoas podiam dormir de noite sem ser assombradas por tudo o que fizeram.

    Os tempos mudaram e isso, que acontecia, não acontece mais. Não de forma declarada. Mas acontece em todos os cantos. Inclusive na PF. Uns tempos atrás vi o caso de uma doméstica que havia sido torturada dentro da DPF pra confessar um furto na casa de um delegado da PF, se não me engano.

    Na verdade o poder consegue mudar algumas pessoas.

    Acredito que existam mais que fortes indícios. Existem fatos. Que realmente devem ser investigados. Mas, mesmo não concordando com execuções, o dia que um cara te ameaçar de morte - e vc tiver certeza de que ele vai cumprir o que disse - as coisas podem mudar um pouco.

    É complicado falar disso.
    É um assunto chato, na verdade.
    Não concordo com o que aconteceu e acontece.
    Mas eu acho que qd a gente entra na polícia a gente passa a viver com isso muito mais de perto...

    Bjo

    ResponderExcluir
  11. Oi Rê. Menina deve ter sido no mínimo empolgante ver a viatura descendo a rua.

    Quanto ao que aconteceu, realmente, espero que as provas seja apresentadas à justiça e, caso forem mesmo culpados (a Lê semeou a dúvida) qeus ejam devidamente condenados e presos.

    Abçs!

    ResponderExcluir
  12. É Lê imagino como as coisas mudam na cabeça de quem entra pra PF, alías, mais que isso. De certo modo, eu sei muito bem como isso acontece. Sabe Lê eu vi isso muito de perto a um tempo atras...um dia te conto.

    Enfim, é mto triste ver que isso é mais comum que julgamos e que está em todas as esferas do país. Sabemos que algumas pessoas dão o sangue pra resolver um crime, mas ver que farão tudo ao seu alcance algumas vezes assusta. Meio coisa de Maquiavel, tipo os fins justificam os meios. Não gosto muito da idéia de botar bandido no "saco", mas sei que muitas crimes só são resolvidos por isso....sei la. A gente cresce numa noção tão grande de que bandido não é gente que acha que qualquer coisa justifica.

    É como disse...o buraco é bem mais embaixo.

    Obrigada flor! ;)

    ResponderExcluir
  13. sobre a foto: operacional com o cadarção pra fora desse jeito querendo se engatar no primeiro canto que aparecer... sei não hein rsrsrs

    ps. ótimo blog

    ResponderExcluir
  14. Muito bem observado anônimo. Falado por um operacional com uns bons Km rodados imagino.

    Coisa que o dono do cadarço ainda não é...mas tenho certeza que será!

    Obrigada pelo carinho!

    Abçs!

    ResponderExcluir
  15. Mari,

    imagina como foi meu dia? Indo à "facul-dade" eu vejo, descendo a 84 na maior velocidade a viatura da PF, pretona com letras douradas, com a sirene e o giroflex ligados, os carros dando passagem e eu ali, do outro lado da avenida, com os olhos brilhando e a boca aberta com um sorriso bem dado estampado no rosto, cara de tonta para alguns, e logo me vem o pensamento: "É ISSO QUE EU QUERO PARA MIM, NÃO TENHO DÚVIDAS DISSO"

    Eu sei que nem tudo são flores, eu sei!!!

    Agora, se você quer ser policial, faça com muita propriedade, amor e dedicação.
    Escuto muito as pessoas dizerem : "É muito perigoso" ou então "aquela região é pior que as outras". É claro que é, policial é isso aí, lida diretamente com bandido, com coisas erradas, só problema mesmo, mas nós(futuramente eu) estamos lá é justamente para proteger a sociedade e coibir os maus.

    Tá com medinho? Então procure outra profissão, polícia federal não é para os fracos. Nem que eu tenha que pagar com minha própria vida, mas é isso que eu quero para mim, seja onde for, é pra lá que eu quero ir, se Deus assim permitir.

    Digo e tenho dito, agora que arrumei duas parceiras, LÊ e NOVINHA, com elas eu vou para qualquer guerra!!!!!

    um cheiro para todos vocês e um lindo dia!

    ResponderExcluir
  16. Opa! Duas não guerreira, três. Pode me incluir nesse seleto grupo rsrsrs.

    Menina fiquei até arrepiada lendo sua descrição da cena...num da uma vontade de correr atrás pra ver o que ta acontecendo?!?!

    Com certeza, isso que vc falou é a mais pura verdade. Sabe Rê admito que tenho sim muito medo de algumas coisas, mas não tenho, e nunca tive, problemas pra encarar meus medos. Encaro, aprendo e sigo em frente. Garanto a você lindona, não vai ser por isso que vou deixar de querer a PF ou deixar de correr atrás desse desejo.

    Serei PF por opção! Farei da minha vocação uma profissão!

    Bjo grande!

    ResponderExcluir
  17. Mari, tá faltando um(a) escrivã(o) e um(a) papiloscopista para formar nossa equipe rsrs

    Eu serei a delegada
    você a perita
    Novinha e Lê as agentes

    Arruma o restante aí rsrs

    ResponderExcluir
  18. Gostei da divisão Rê. E ai pessoal, alguém se habilita?

    ResponderExcluir
  19. Mari,

    Essas duas aí, a Regina e a Lê, além de minhas "Atiradoras de Elite" são também minhas afilhadinhas, tá?
    rs!

    Mari... só me dão orgulho!

    Beijos meninas...
    E isso aqui agora virou "chat", é?

    : )

    ResponderExcluir
  20. Hahahah!

    Não seria má idéia viu lindona.

    Pois é, vc é a chefe dessa turma...agora nãot em jeito...vc vai ter que ir na formatura da Academia. Rsrsrsrs

    ResponderExcluir
  21. Mari,
    to sentindo uma pitadinha de ciúmes rsrs o que acha? ahahahhahaha

    INSPETORA,
    você é nossa chefe, não tem pra ninguém...né meninas?
    beijos

    ResponderExcluir
  22. Hahahah...e por acaso precisa Rê? Ela é só elogios pra vcs hahaha!

    Não tem pra ninguém mesmo...só vai dar a gente na formatura hihihi

    Bjo!

    ResponderExcluir
  23. Mari, a Regina já tem até os cacoetes do cargo de delegado... não vive, nem faz nada sem um "escravão"...

    kkkkkkkkkkkkkk

    (Brincadeirinha... futuras chefinhas)

    ResponderExcluir
  24. Hahahaha...olha isso gente!

    "Escravão" é paia...os caras mereciam mesmo mais reconhecimento... sem querer desmerecer os outros, a verdade é que os APF e EPF carregam a delegacia nas costas. Mas no final das contas, quem leva os louros...

    ResponderExcluir