07 dezembro 2010

Poder de Parada - Munição


Poder de Parada  ou "Stopping Power", é a capacidade de determinada munição interromper uma ação ofensiva, ou neutralizar um atacante ou oponente com apenas um tiro, pondo-o fora de combate. Não há a intenção de matar o agressor, apenas busca-se a sua momentânea incapacitação. O resultado morte pode ocorrer, mas não é o objetivo ao se determinar o "Stopping Power" de uma munição.

O Stopping Power é determinado pela prática, não se pode determiná-lo por teorias ou testes de laboratório, sua medida é feita em porcentagem de casos reais onde foram utilizados determinados tipos de munição e o indivíduo foi neutralizado com apenas 1 tiro no combate. Por neutralização entende-se o fato de a vítima do tiro entrar em colapso antes de fazer algum disparo ou expressar alguma outra reação de ataque ou fuga.

Por exemplo, coletando informações de que a munição .380 ACP, totalmente encamisada e com ponta oca, de determinada marca e peso, foi utilizada em 109 combates reais, e que, destes 109 casos apenas em 75 os indivíduos foram neutralizados com 1 só tiro, temos que o stopping power deste tipo de munição é de 69%. A porcentagem é que nos permite saber a eficiência do conjunto: calibre + tipo de projétil + peso do projétil + carga de pólvora, etc.

Não se pode ter como definitivo o Stopping Power de determinada munição. Isto porque, como já foi antes explicado, o fator crucial para que qualquer munição produza adequado efeito é o ponto de impacto e penetração do projétil. De nada adianta acertar um tiro de .357 Magnum no braço de um oponente, pois sua ação não cessará. Necessário se faz atingir um órgão vital ou região que produza adequado choque ou traumatismo, para que o poder de parada seja imediato.

Nenhum comentário:

Postar um comentário