23 novembro 2010

PF inaugura sistema digital de comunicação

A Superintendência da Polícia Federal (PF) em Alagoas inaugura terça-feira, 23, o Sistema de Radiocomunicação Digital, baseado em tecnologia TETRAPOL IP – em fase de implantação em todo o território nacional, com previsão de finalização no início de 2011. No âmbito da PF, o sistema foi batizado de REDE INTEGRAPOL, recurso moderno de combate à criminalidade.
Trata-se de ferramenta já utilizada por diversos órgãos de Segurança Pública de vários países. No Brasil, além de subsidiar as operações rotineiras da PF, o INTEGRAPOL será decisivo em eventos de grande porte, a exemplo da Copa do Mundo de 2014 e dos Jogos Olímpicos de 2016. Entre suas principais características, figuram a agilidade nas tomadas de decisões, facilidade de chamadas privadas e em grupos, acesso a banco de dados, chamadas telefônicas por meio de rádio, GPS e SMS (Short Menssage Service).
Ademais, a Radiocomunicação da PF permite o compartilhamento de sua estrutura com a de forças de Segurança Pública e órgãos de controle nacionais – inclusão de outras organizações – de forma independente e sem interferência. Havendo necessidade de atuação integrada dos órgãos em situações de crise ou operações afins, admite fusão das comunicações entre os interessados.
Tecnicamente, o INTEGRAPOL estará disposto nas capitais de cada Estado brasileiro, mediante 98 Estações Rádio-Base (ERBs), 120 Repetidoras Táticas e 09 Centros Regionais de Controle Operacional (CRCO) – estes, responsáveis pelo gerenciamento técnico, tático e operacional da Rede, estarão sediados no DF, RJ, SP, MG, RS, AL, RN, PA e AM. Aos demais estados, onde serão instaladas Unidades Locais de Comunicação Operacional (ULCO), caberá gerenciamento operacional e tático. Alagoas gerenciará os estados da BA, PE e SE.
Com previsão de início às 10h, a solenidade inaugural do INTEGRAPOL será na sede da Superintendência da Policia Federal em Alagoas, onde serão apresentados aos presentes funcionamento e pormenores de Sistema de Radiocomunicação Digital.
Fonte: Ascom/PF

Nenhum comentário:

Postar um comentário