31 outubro 2010

TAF - Natação


Caros amigos e aspirantes a federais, aproveitando a idéia de inovação do blog, resolvi compartilhar com vocês minhas experiências treinando para o TAF.


Sou uma mulher baixa, tenho 1,65 e estou acima do peso. Isso quer dizer que preciso ralar para chegar onde quero.


Comecei tentando por conta própria, correndo na rua, saltando em casa e me pendurando na barra. Mas não estava dando muito certo. Não tinha piscina para fazer a natação e treinar a barra estava muito difícil.


Sendo assim, graças à ajuda e incentivo de um amigo/anjo, fui para a academia fazer o pacote completo. Como estou atolada com o trabalho, as viagens a trabalho e o cursinho, não tenho tanto tempo para treinar. Até janeiro terei que me contentar em treinar apenas duas vezes por semana. Mas como todo bom ansioso, faço jus à minha fama e tento fazer tudo ao mesmo tempo. Resultado: descobri que não dá.


Primeiramente vamos falar das aulas de natação, abordarei os outros testes noutro momento.
O teste de natação feminino exige que eu nade 50 metros em menos 51 segundos. Isso quer dizer que eu tenho que nadar uma piscina olímpica ída e volta em menos de 51 segundos. Agora se você for homem, terá de fazer o mesmo em menos de 41 segundos.
Para quem ainda não sabe o que isso quer dizer, ai vai uma dica. É P.H.O.D.A!


Comecei os teinos na academia, como tenho aulas no cursinho 3 noites por semana, pensei em fazer os exercícios com peso nos dias que não tenho aula e a natação nos dias de aula. Já que os treinos levam apenas 45 min, sairia do trabalho e faria antes do horário do cursinho. Lêdo engano caros amigos, lêdo engano.
Descobri que 45 minutos de treino nas mãos da Isis (professora de natação) são o melhor sonífero do planeta. Nunca dormi tão bem. Assim que acabou a aula, tomei um banho e rumei para casa. Outra coisa que descobri, é que essa aula vai me emagrecer por que nem comi depois que cheguei, fui direto para a cama e dormi das 21:00 às 08:20 do dia seguinte.
Foi tudo de bom, havia muito tempo que não dormia tanto e tão bem. 


Eu ainda preciso resolver como vou fazer para treinar um pouco de tudo antes de janeiro, mas a vocês caros amigos, aspirantes a APF, EPF, DPF e PPF, fica a dica: Não deixem para depois, comecem a treinar o quanto antes. O concurso esta mais que confirmado, amigos da PF já confirmaram que o pedido está no planejamento e as informações já circulam na intranet do DPF, por tanto, mãos à obra.


Bons estudos e bom treino a todos.

6 comentários:

  1. Olá colega!

    Seguindo os diversos conselhos eu também já iniciei os treinos para o TAF. Eu já estou pensando de outra forma, pois como trabalho durante o dia e estudo todas as noite, meu tempo também é muito curto... Estou buscando atingir bons índices nas demais provas e deixando a famigerada natação para depois. Sei muito bem de sua importância e de como é difícil atingir os 41 segundos... Mas os demais exercícios também são bem complicadinhos e necessitam de grande atenção também.

    Abraço e boa sorte.

    Força e fé.

    ResponderExcluir
  2. Pois é Vinícius. Nesse TAF todos os testes devem ser encarados com seriedade, e todos são difíceis.

    Cada um tem que encaixar os treinos no seu tempo que, convenhamos, é luxo nos dias de hoje. Eu vou deixar para intensificar em janeiro, mas não vou parar não.

    Que mal me pergunte, o cargo que aspiras é qual mesmo?

    Abçs!

    ResponderExcluir
  3. Olá Mari.
    Boa a iniciativa de postar suas experiências com o TAF.
    É brabo mesmo. Também tenho de deixar natação para depois (ano que vem, início), por motivo de tempo.
    Barra fixa é complicado, mas com afinco dá para chegar lá, desde que se faça tal exercício de forma correta. Comprar uma polibarra é um excelente investimento!
    Impulsão, o segredo, pelo menos comigo, é treinar diariamente. Uns 18 saltos, divididos em séres de 3. (6,depois 6, e finalmente, mais 6.
    Corrida não há muito o que dizer, à não ser evitar a tentação de se exigir demais antes da hora.
    Para mim, pelo que estou passando o maior desafio é aliar disciplina com paciência. Pois tendemos a querer resultados rápidos.
    Força, garra, paz e sagacidade para todos!

    ResponderExcluir
  4. Oi Rodrigo.
    Esse lance de tempo é mesmo complicado, precisamos tanto dele e ele fugindo de nós rsrsrs.
    Mas é isso ai, No pain, no gain.

    Cara nem me fale da barra fixa, esse drama te conto noutro post, pq esse merece um post só dele.

    O salto...esse é mais duro para os baixinhos, cada caso...também merece um post só dele.

    Disciplina...ahhhh...num vende isso em lagum lugar não? Se vendesse alguem ia ficar rico viu.

    Vamos que vamos...o nosso ta guardado!

    Bjo bjo!

    ResponderExcluir
  5. oi Mari, li seu post e vou dizer uma coisa. to treinando ha 1 ano certinho. ainda nao estou treinando a natação mas os outros ja consigo e faço minhas suas palavras: É PHODA.

    o mais dificil p mulher SEM DUVIDA NENHUMA: a barra. passei 6 meses p conseguir fazer 1 barra treinando fielmente 3 vezes por semana. acredite se quiser. algo q me ajudou mto com certeza foi treinar com personal. eu nao sabia nem por onde começar. e p vc q tem o tempo reduzido o personal otimiza mto o nosso tempo. acho essecial. hj consigo fazer 7 barras. as vezes consigo saltar ate 2m e a corrida ja consigo fazer o maximo. a natação é outro setor.........

    mas p chegar no TAF tem que primeiro passar na primeira fase ne??? entao força e mto estudo.....

    bjo e boa sorte p todos nós

    ResponderExcluir
  6. Olá companheiros. De fato, o TAF para Policia Federal, nos últimos anos está muito puxado. Os índices exigidos, do meu ponto de vista, ultrapassa a excelência, mas se queremos ser policiais temos que nos curvar ao sistema do Sr. CESPE e do DPF. Tenho formação militar, meus índices no treinamento físico são bons. Pude ver, ao longo da minha estadia no universo militar, principalmente com relação as barras, que essas requer muita treinamento. Uma dica interessante para resistência muscular para fazer barras e dependura-se nela por series, no minimo, 6 series de 60 segundos. E tentar, mesmo pedalando, fazer essa "maldita barra" que tanto reprova a gurizada. A natação, e outra situação fora de serio, não vejo necessidade de realizar 50 metros em, no máximo, 41 segundo. Aliás, em 60 segundos para homens já é suficiente, na fronteira o bandido não vai marcar tempo pra ver se vc escapa. No mais, preocupem-se, primeiramente, com a prova, depois com o resto. Posso dizer que com fé em DEUS, dedicação, planejamento e muita força de vontade, é possível conseguir chegar nos índices no TAF. No quartel, conheci uma pessoa que não fazia 500 metros de corrida, barra se que encostar. Surpreendentemente, quando aprovado na PF, em 2009, treinava natação 3 x por semana durante 5 horas, 2 x por dia corrida, combinada com barra fixa e impulsão horizontal. Não vou divulgar o nome dele por questão obvia, respeito. Mas garanto ao Senhores ele ficou entre os colocados, não sei ao certo a sua posição no certame. Portanto, a todos um forte abraço, fé em DEUS, disciplina dedicação, controle, planejamento e confiança, isso em conjunto de uma forma ou de outro é possivel chegar lá - POLICIA FEDERAL.

    Agezio.

    ResponderExcluir