12 outubro 2010

Cisco na mira da PF



Na campanha presidencial de 2006, a Cisco foi acusada de importação fraudulenta com uso de empresas fantasmas. Na ocasião, duas delas foram usadas para fazer doação de R$ 500 mil ao PT. A partir daí, a justiça determinou nesta terça-feira (12), o congelamento dos bens da empresa no Brasil. Com esta decisão, a Cisco não pode movimentar bens e contas bancárias, apenas seus ativos financeiros.

O bloqueio dos bens é resultado de uma das maiores autuações da história do país. A Receita Federal multou em R$ 3,3 bilhões a Cisco e uma rede de empresas envolvidas no suposto esquema. O caso foi desvendado pela Operação Persona, realizada pela Policia Federal em 2007.

A Cisco continua a realizar negócios normalmente no país, já que o mercado brasileiro é um dos mais importantes para a empresa.



NOTA DA MARI



A 'Cisco Systems, Inc.' é uma companhia multinacional sediada em San Jose Califórnia, com um faturamento anual de U$28.48 billhões em 2006. A atividade principal da Cisco é o oferecimento de soluções para redes e comunicações, quer seja na fabricação e venda (destacando-se no mercado de Roteadores e Switches), ou mesmo na prestação de serviços por meio de suas subsidiárias LinksysWebExIronPort e Scientific Atlanta. No começo de suas operações a Cisco fabricava apenas roteadores de grande porte para empresas, mas gradualmente diversificou o seu negócio passando a atender também ao consumidor final com tecnologias como o Voip ao mesmo tempo, em que seu segmento corporativo era ampliado.

Foi eleita pelo Great Place to Work Institute (GPTW) como a décima melhor empresa para se trabalhar no Brasil.



A minha pergunta é: Que diabos essa empresa pode querer em troca, a ponto de bancar a campanha da Dilma? Porque seja lá o que for, ela topou e recebeu R$ 500.000,00 para isso.

Nenhum comentário:

Postar um comentário