15 setembro 2010

O concurso é para POLICIA





Mais um que se sente como eu, mas expôs de modo bem mais cru a realidade da POLICIA Federal.


Post by: ANIMUS NECANDI

Segue meu recado aos candidatos, seja para qual cargo for: nunca esqueçam que o concurso para o qual estarão prestando é para POLICIA.

Vejo discussões sobre carreiras, sobre experts, sobre atividades jurídicas, sobre operações, etc... etc... Tudo isto é valido? Claro que sim. São discuções sadias, por vezes é claro, que nos fazem refletir. 
Mas é importante não nos esquecermos, e vou ser repetitivo, que mesmo na ultra mega hiper Policia Federal, com todos os meios possíveis e impossíveis, ingressarão em um órgão que vai repreender o crime. 
Não importa se é EPF, APF, PPF, PCF ou DPF, vai estar armado e quando escutar tiros, enquanto todos vão correr na direção contraria a eles você vai fazer o oposto.
Amanhã sei que muitos virão aqui e bradarão coragem, disposição, empenho, etc... etc... Sei que existem realmente vocacionados, e esta mensagem não é de forma alguma algo para desestimulá-los, muito pelo contrario. 
Até mesmo para estes gostaria de sugerir uma reflexão. Brincadeira de mocinho e bandido é uma coisa. Aqueles que já foram militares das FA, as operações que por lá existiam tinham inimigos de mentira.
No mundo real os inimigos, ou melhor os cidadãos que se desvirtuam da lei, as vezes com muito mais direitos que você, são de verdade. Os tiros que eles dão também, e podem ter certeza que não é como na TV.
Quando se coloca um colete, há briga por uma arma longa, pois não tem pra todo mundo (obvio), entra-se em uma viatura que vai ter que sair em alta velocidade, as orações são para não morrer antes de chegar ao local onde PMs estão levando tiros de fuzil 7,62; podem ter certeza que o mais corajoso vai sentir aquele frio na barriga. Acho que se chama medo. Por um segundo vai pensar: p... esse meu colete não vai segurar essa m... de fuzil. 
Ai vem o meu lembrete: nessa hora não esqueça que é POLICIA.
Podem ter certeza, quando tiverem que entrar em um mato atrás dos caras vocês não vão querer estar ali. Quando escutarem os tiros, não vão querer estar ali. Mas alguém tem que estar. E este alguém é quem: POLICIA. 
Alguns vão dizer, isso não é serviço para nós, o caso era da PM, da civil. Eu vos digo, quando os mocinhos estão levando tiros de verdade, eles vão pedir ajuda para qualquer um. E qual mesmo é a profissão que escolheram? 
Com o tempo muitos colegas vão se esquecer disto. Muitos hj acham lindo vários equipamentos, fuzil HK na mão com aquele carregador transparente. Show, sai bonito na foto, homens de preto. 
Mas não se permitam esquecer: bonitos ou feios são POLICIA. Toda aquela parafernália, incluindo o fuzil não são para bonito. 
Na rua, no mercado, em casa, vai ser policia. É para você que os vizinhos vão gritar. Quando prestar depoimento em juízo, é para você que vai todo o carinho e todos os olhares do traficante, do contrabandista, do corrupto, do assaltante a banco, do homicida. E quando isto ocorrer vai sentar lá na frente do juiz e lembrar de novo onde trabalha, e vai tentar provar pro cara que aquele individuo tem que ficar preso, o que muitas vezes não ocorre.
Isto vai acontecer com peritos, delegados, escrivães, agentes, papís, e não tem como fugir. 
Vai trabalhar no passaporte, na informática, beleza. Até você um dia vai estar convocado para uma operação no Rio de Janeiro, as três da manha, viatura discreta todo de preto na linha vermelha, e se der uma m... não esqueça: não adianta chamar a policia pois você é a POLICIA. 

Um comentário: