12 agosto 2010

CONCURSO PRÓXIMO...





PAPILOSCOPISTA E AGENTE ADMINISTRATIVO
Não é segredo, nem novidade para os guerreiros em busca da CARREIRA POLICIAL NO DPF que um pedido de concurso para 480 vagas nos cargos de agente administrativo (de nível médio, com vencimentos iniciais de R$2.899,97) e papiloscopista (superior; R$7.514,33) está em andamento no Ministério do Planejamento e, pode ser autorizado até o fim do ano. Para papiloscopista é exigido nível superior, carteira de habilitação na categoria B ou superior. Esses são os pré-requisitos, além disso, ainda tem que passar na prova teórica da NASA, no TAF dos Power Rangers e, claro, ser perfeito, pois o exame médico também é eliminatório.
Para os que buscam essas vagas, o sonho está próximo, mas para os demais, a luz no fim do túnel não passa de uma vela acessa. Mas nada impede que falemos de fatos.
AGENTE
Um dos cargos que costuma despertar maior interesse dos que sonham ingressar na Polícia Federal com vencimentos iniciais de R$7.514,33.  
Para quem tem como objetivo tornar-se um agente federal, a boa notícia é que o cargo tem atualmente uma das maiores demandas do departamento, segundo o diretor de Gestão de Pessoal da PF, delegado Joaquim Mesquita.
Como o órgão já informou que até o fim do ano deve encaminhar ao Ministério do Planejamento novos pedidos de concursos para a sua área policial, a constatação da necessidade de contratar novos agentes faz com que sejam grandes as chances de uma nova seleção para o cargo acontecer em breve.
A PF abriu concurso para 200 vagas de agente no ano passado e, ao fim do processo, 182 aprovados foram nomeados (há ainda 24 aprovados cuja nomeação depende de decisão judicial). Apesar do reforço, o número de vagas ociosas no cargo ainda é de cerca de 1.500.
ESCRIVÃO, PERITO E DELEGADO
Os outros cargos para os quais a PF tem necessidade de abrir novos concursos são os de escrivão, delegado e perito. O primeiro, cujos vencimentos iniciais são de R$7.514,33, tem como requisito o ensino superior completo em qualquer área.
Para delegado e perito, que proporcionam vencimentos iniciais de R$13.368,68, são exigidos, respectivamente, o bacharelado em Direito e a formação superior em área específica. Em todos os casos, é necessário ainda a carteira de habilitação (B ou superior).
A quantidade de vagas ociosas no departamento para os três cargos é de cerca de 1.400. "A Polícia Federal tem a necessidade de preencher todos os seus cargos vagos, e ela tem, dentro do seu planejamento estratégico e dentro das tratativas com o Ministério da Justiça e com o Ministério do Planejamento, apresentado constantemente a sua demanda de preenchimento dessas vagas", afirmou o diretor de Gestão de Pessoal da PF, Joaquim Mesquita, em entrevista à FOLHA DIRIGIDA em junho de 2010.
Fonte: Folha Dirigida

Nenhum comentário:

Postar um comentário