16 junho 2010

Formatura - Curso de Formação Policial DPF

O dia 8 de fevereiro teve uma conotação diferente para mim este ano.

Apesar da felicidade solidária que experimentava no dia, em um mix com a ansiedade e a angústia, eu estava triste. O meu grande ombro amigo estava indo para longe, e com ele levou um pedaço significativo do meu coração.

Março inteiro sem sentir o abraço. Será que ainda me lembro por que, me irritava sua impaciência na fila do cinema?

“Tempo, tempo mano velho, falta um tanto ainda eu sei
Pra você correr macio...”

Abril chegou e com ele datas importantes tiveram que ser deixadas de lado, assim como muito finais de semana ficaram desacompanhados. Até aprendi a ir ao cinema sozinha depois de 9 anos. Os comentários e piadinhas oportunas não tem a mesma graça sem a cumplicidade dele. Para outra companhia, teria que explicar a graça ou a tristeza das coisas aparentemente banais, mas que fazem parte da minha história.

Como ficam evidentes os verdadeiros amigos nessas horas. Ainda bem que os tenho, e eles, a mim.

“Mudaram as estações, nada mudou
Mas eu sei que alguma coisa aconteceu
Está tudo assim tão diferente...

Vários telefonemas e muita, muita saudade.

Maio veio e o tempo fechou algumas vezes anunciando a tempestade, o vento soprou forte e por vezes parecia que ia chover sem parar, provocando enxurradas, deslizamentos de terras e desastres. Mas a fundação é forte e a casa permaneceu intacta. Mas, assim como ela, ficou intacta também, a "mala-sem-alça" da expectativa.

“Mas nada vai conseguir mudar o que ficou

Quando penso em alguém só penso em você
E aí, então, estamos bem...”

Mês de junho e muita pressão e insegurança ainda pesam sobre os ombros em que me apoio. O cansaço exauria o bom humor e a paciência, mas estranhamente alimentava a certeza de ter escolhido o melhor caminho, ainda que este seja o mais árduo. E o tempo...nada de cooperar.

A ansiedade, companheira congênita, não me permitia descansar. Para onde vai meu tão valioso coração? Em qual fim deste pais ficará sua lotação? Cárceres, Ji-paraná, Tabatinga, Vilhena, Foz do Iguaçu, Oiapoque? Puts, caro demais fazer visitas...e agora? Fudeu de vez.

E assim se passaram 4 eternos meses, que mais pareceram anos em minha pequena longa vida. A expectativa e a saudade que alimentei foi digna de tortura. Passei a acreditar que um inseto que vive uma semana pode ter uma vida longa, basta ter minutos eternos. Eu os tive, e certamente, não fizeram questão alguma de acelerar o tempo.

Mas verdade seja dita, muitas conquistas foram feitas nesse tempo. De um lado, a descoberta de uma vocação. Do outro, a confirmação do que já se sabia ser destino.

Mas, em fim, é chegado o momento da decisão, da colheita do trigo plantado pelas mãos calejadas do fazendeiro. Assim, peço licença para ausentar momentaneamente, e ir à capital do meu país celebrar junto a meu ombro amigo, ao fazendeiro que semeou o seu terreno, a sua tão merecida vitória.

Com a formatura dos atuais (por pouco tempo) alunos da ANP, muito mudou na minha vida, mas pouco é realmente palpável. De fato, não possuo as respostas que buscava. O que possuo é a vontade de deixar tudo tomar seu rumo lentamente. Cada coisa no seu tempo.

"Mesmo com tantos motivos pra deixar tudo como está
Nem desistir, nem tentar agora tanto faz
Estamos indo de volta pra casa..."


Em breve, voltarei para casa com o pedaço que falta de minha felicidade. Mas será por pouco tempo. Em breve, novamente esse senhor de tantas vidas, virá reinar em meus dias. Delongando as horas e fazendo com que os dias durem anos e os meses durem séculos.

Mas por ora, que venha o dia 18/06 para que eu possa saborear a conquista. Ainda que ela não me pertença, sei que tive papel importante em seu desenrolar. Por tanto, voarei sobre as nuvens em direção à festa, que me espera de braços abertos para que eu possa, novamente, em seu ombro repousar.

Parabéns aos Agentes e Escrivães aprovados no Concurso da Policia Federal. A todos, minhas saudações e sinceros votos de sucesso. Que todos tenham encontrado em seu caminho e a vocação de que irão precisar nessa jornada.

Antigões, os novos novinhos estão chegando. Quem sabe, juntos não ajudam a preparar o caminho para essa futura novinha...

Um comentário:

  1. Parabéns aos novos APF'S e EPF'S. Esses merecem todo o nosso respeito (já aqueles que estavam na ANP por comprar a vaga,graças a DEUS não fazem parte do DPF). Depois coloca umas fotos aqui haha.

    Boa viajem.

    Abraço

    ResponderExcluir