18 maio 2010

BANCO NACIONAL DE PERFIS GENÉTICOS

Acontece no próximo dia 19 de maio em Brasília/DF, a cerimônia de implantação do Banco Nacional de Perfis Genéticos (DNA), que integrará os bancos de material genético da PF e de outros 15 estados.

Para utilização do Banco, a PF utilizará o CODIS – Combined DNA Index System. Trata-se de um programa que permite armazenar, gerenciar, comparar e compartilhar perfis genéticos. A ferramenta foi disponibilizada pelo FBI por meio de um Termo de Compromisso firmado com a PF em maio de 2009.

A taxa de elucidação de crimes de homicídio no Brasil é uma das mais baixas do mundo. Com a criação do Banco Nacional de Perfis Genéticos, o Brasil poderá reverter não só essa estatística, mas também na resolução de outros crimes, como os crimes sexuais.

Em países onde a legislação na área de DNA está mais avançada, a taxa de elucidação de crimes é bem maior, chegando a 90% na Inglaterra. Somente nos EUA, mais de 112 mil investigações sobre homicídios utilizaram esse recurso.

Estarão presentes ao evento o Diretor-Geral da PF, Luiz Fernando Corrêa e a Deputada Federal Andréa Zito.

Nenhum comentário:

Postar um comentário