25 maio 2010

Concurso PF

Já está no Ministério do Planejamento um pedido de concurso para papiloscopista da Polícia Federal (PF). De acordo com a Assessoria de Imprensa da corporação, foram solicitadas aproximadamente 100 vagas. O cargo tem como requisito básico o ensino superior completo em qualquer área, além da carteira de habilitação na categoria B ou superior. Os vencimentos iniciais são de R$7.514,33.
O quantitativo solicitado corresponde ao número de vagas ociosas no cargo, como apurou a FOLHA DIRIGIDA. De acordo com dados do Planejamento, no fim de 2009 havia 102 posições vagas. Na mesma época, a PF contava com 463 papiloscopistas em atividade, sendo 11% mulheres.
O último concurso para o cargo foi em 2004, com oferta de 337 vagas. No ultimo concurso foram cobrados conhecimentos de Língua Portuguesa, Noções de Informática, Atualidades e Raciocínio Lógico, na parte de Conhecimentos Básicos, e de Química, Física, Biologia, Noções de Estatística, Arquivologia e Noções de Direito (Constitucional, Penal, Processual Penal e Administrativo), na parte de Conhecimentos Específicos. De acordo com os dados do Planejamento, 277 papiloscopistas foram admitidos através deste concurso.
Novos pedidos devem ser apresentados
A Polícia Federal informou ainda que em função da necessidade de novos policiais para incrementar seu efetivo, constantemente são desenvolvidas no órgão atividades relacionadas à preparação de novos concursos. Segundo a PF, é possível que novos pedidos de concurso para os cargos da área policial sejam encaminhados ao Ministério do Planejamento ainda este ano, conforme antecipou a FOLHA DIRIGIDA.
Ainda de acordo com os dados divulgados pelo Planejamento, a PF conta com 1.631 vagas ociosas no cargo de agente, 1.046 no de escrivão, 490 de delegado e 192 no de perito (há seleção em andamento para 200 vagas de agente e 400 vagas de escrivão, sendo que para esse último já há sobra de vagas). Estas vagas foram solicitadas ao MP em 2008 e ainda não foram preenchidas.
Para concorrer aos cargos de Agente e Escrivão é necessário possuir o ensino superior completo, em qualquer área. Já para Delegado, a formação superior deve ser em Direito, e no caso de Perito Criminal, será exigido o ensino superior completo em área específica, a ser definida no edital do concurso. Para todos os cargos é necessário ainda carteira de habilitação na categoria B ou superior. Os vencimentos iniciais são de R$7.514,33 para Agente e Escrivão e de R$13.368,68 para Delegado e Perito.
Fonte: Folha Dirigida
Nota da Mari:
Em 2008 o Departamento de Policia Federal solicitou ao Ministério do Planejamento a criação de 2.600 vagas e a disponibilização de mais 1.230 remanescentes do último concurso (2004).
Das vagas solicitadas 110 para Delegado, 8 para perito, 246 para escrivão, e 216 para agente já foram preenchidas. Salienta-se que para os dois últimos, agente e escrivão, há que se subtrair as vagas dos policiais que estão na ANP e serão nomeados em julho deste ano (2010), mas para tal é necessário aguardar o final do curso para se saber o número exato de aprovados no concurso de 2009, uma vez que o Curso de Formação Policial ainda é uma etapa do concurso.
Se considerarmos apenas as vagas CRIADAS, teremos concurso para aproximadamente 3.300 vagas, porém se somarmos a essas 2000 vagas, as ociosas JÁ EXISTENTES (frutos de exoneração, aposentadoria, falecimento), poderemos ter um concurso para mais de 4.000 vagas.
Fala sério galera... é bom ou não É!

Nenhum comentário:

Postar um comentário